quarta-feira, 27 de junho de 2012

Boneco: Lobisomem



Logo após criar Bonecos novos para a Oficina de Bonecos Animados, realizada através do espetacular Projeto Biblioteca Viva Itinerante, em Londrina, me entusiasmei com as Vampirinhas feitas com caixa de fósforos e decidi criar alguns Monstros, bem ao gosto da garotada, experimentando outras formatações com a embalagem de pizza.



Buscando ir além do formato/volume da GueixaMorena, após alguns acertos matemáticos e alguns descartes, cheguei a este LOBISOMEM, que deu um bocado de trabalho. Olha, desenhar, marcar, cortar, dobrar e, principalmente, colar, mesmo sendo papel, não foi tão fácil quanto imaginava. Mas valeu o susto!



Descobri, por acaso, uma cola bastão que realmente cola até pano e que acabou me servindo (também) na colagem da primeira fileira de pelos. É que, acreditando que ganharia tempo, optei pela fita dupla face. Bem, depois que se pega o jeito de colar fio a fio na fita, até adianta, mas é trabalhoso demais. Num próximo Boneco vou preferir a cola bastão. Ou o implante dos fios com uma boa e resistente agulha.



Para criar o LOBISOMEM utilizei uma embalagem de pizza (da minha preferência), trabalhando películas e sobreposição. Na pelagem usei um terço de novelo de lã e nas sobrancelhas um cadarço de sapato. Os olhos são recorte de lentes impressas. Para a boca, língua e dentes, aproveitei sobras de papeis diversos.



A cabeça expande e no tamanho normal mede 16 cm de altura, 10 a 12 de profundidade, 10 de face/testa e 7 de boca/queixo. A boca é articulável (internamente) por um manipulador que tenha mão de tamanho médio. Tempo de confecção: 1 semana. Ah, me disseram que ele parece o Wolverine.



NOTA: Esta criação é um exemplo do que pode ser feito na Oficinatividade: Oficina das 1001 Reutilizações de Embalagem de Pizza, onde os oficinandos têm a oportunidade de dar asas à imaginação na Criação e Recriação de Brinquedos, Bonecos, Jogos etc.
                                 
A Oficinatividade tem uma didática própria e acessível a qualquer público que goste de dar asas à imaginação, e também àquele que quer aprender a dar asas à imaginação. Ela ativa a memória visual e a coordenação motora; estimula a agilidade e a organização lúdico-espacial; desenvolve o raciocínio, a concentração e a criatividade das pessoas dispersas.

criação e fotos: Joba Tridente.2012

4 comentários:

  1. Respostas
    1. ..., valeu, Patrícia!
      ..., gratíssimo pela visita!

      abs.

      T+

      Excluir
  2. ..., esse é brabo, mesmo, Hermes.
    ..., na época pensei em fazer uma série de "monstros"...,
    mas acabei adiando, não sei pra quando.

    abs.

    T+

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...