quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Boneco Vampiro - 1


No dia 22 de agosto comemora-se (?) o Dia do Folclore Nacional, que no Brasil tem mitos fantásticos: Saci-Pererê, Mula-Sem-Cabeça, Curupira, Iara, Boto, Boitatá, Caipora, Lobisomem, Mãe-da-Mata, Mãe-de-Ouro, Uirapuru. No dia 31 de outubro é a vez do Dia do Saci-Pererê (?), que pega carona no mais que famoso, por aqui (?), Dia das Bruxas (Halloween).  

 Há algum tempo prometi apresentar um passo a passo da Boneca Vampirinha, mas o tempo andava escasso. Agora consegui uma brecha e, uma vez que Vampiros não fazem parte do nosso folclore, não me parece importante obedecer a alguma data comemorativa. Assim...


Bem, no meio do caminho do passo a passo, acabei me empolgando e fazendo um Boneco Vampiro, maior e mais complexo, cujo grau de dificuldade fica entre 6 e 7. Porém, nada que impeça você de reunir todo o material (antes) e se ocupar por um bom tempo na confecção..., para depois se divertir o ano inteiro. Acho que as fotos ilustram bem o passo a passo Vampiresco. Todavia, para evitar tropeços, vamos lá! Ah, reaproveitei algumas imagens (mais explícitas!) da postagem Vaquinha de Tetra Pak, para facilitar o entendimento. Garanto que são meramente ilustrativas (técnicas) e não interferem no resultado.


Material: Sobras de papel (alaranjado e vermelho e ou da cor que você quiser) para fazer língua e lábios; letras “O ou D ou P” para olhos (e ou qualquer símbolo ou desenho que represente um olho para você); estilete; tesoura; uma caixa de fósforos e ou embalagem (da sua preferência, para fazer uma caixa do tamanho que quiser); cola bastão ou líquida e ou fita dupla face; lacre plástico. Eu optei por fazer uma caixa usando embalagem de pizza (da minha preferência) e recobri com papel branco (pálido). Você pode deixar a caixa ao natural, colorir e ou cobrir com a cor que quiser.


Caixa e Gaveta: papel, preferencialmente triangular, para fazer a caixa que servirá de rosto (ou base para o formato de rosto que quiser) e a gaveta. ATENÇÃO: Uma caixa muito larga dificulta o encaixe entre os dedos e a sua manipulação. Sugiro que tenha, no máximo, 7 cm, para a mão de um adulto, e, no máximo, 4 cm para a mão de uma criança. Nota: As fotos são da postagem Vaquinha de Tetra Pak.


Caixa: Definido o tamanho, risque (no papel escolhido) duas faces (com a mesma medida) entre três laterais (com a mesma medida) e dobre nas marcações. Depois de coladas (a lateral um com a lateral três) você tem uma caixa (vazada) com duas faces e duas laterais. Ou seja: lateral 1 + face 1 + lateral 2 + face 2 + lateral 3 (o vermelho 1 cola no vermelho 3).


Gaveta: Meça o tamanho (interno) da abertura (para encaixe) da boca da caixa e, a partir daí, marque as medidas da gaveta. Se precisar, diminua entre um e (no máximo) dois milímetros o tamanho (largura) da base e das laterais, para facilitar o deslize da peça. Dobre as laterais, à esquerda e à direita da base, e cole as pontas das abas, de cima e de baixo da base, curvando a aba maior (como um fecho envolvendo as duas).


Lábios: Papel retangular. Dobre. Corte na forma oval. Abra. Picote uma meia-lua no lábio superior. Em caso de dúvida é só se olhar no espelho. Separe as duas partes. Pronto! Ah, se quiser pode deixar sem lábios, também. 


Para fixar o lábio inferior pode fazer uma base (veja foto) ou recorte um novo lábio com encaixe (no tamanho da base) para fixar dentro da gaveta.

Continua em BONECO VAMPIRO - 2



Vampiro e Vampirinhas são criações de Joba Tridente
Fotos de Joba Tridente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...