domingo, 14 de outubro de 2012

Aprenda a fazer Carteira Mágica



Quando era criança tinha uma Carteira Mágica em casa. Eu ficava fascinado tentando entender como o dinheiro mudava de lado. Um mistério! Não sei que fim teve a Carteira Mágica da minha infância.


Há alguns anos, já trabalhando e orientando Oficinas de Brinquedos e de Bonecos feitos com Material Reciclável, eu achei uma Carteira Mágica meio estragada. Abri e descobri como é feita, mas até hoje eu não sei (E NÃO QUERO SABER!) como funciona a magia do movimento de imagens dentro dela.


Eu ensino como se faz esta divertida Carteira Mágica, que abre pelas duas laterais e muda as imagens de lado, na Oficina de Brinquedo Que Se Faz Brincando. No entanto, dias desses, ao aproveitar a ideia para uma ilustração em 3D, que vou usar numa Oficina de Letramento, comecei a fotografar o processo e decidi postar como um passo a passo.


Porém, (na minha vida tem sempre uma conjunção!) no meio do caminho resolvi inventar uma nova forma de fazer a Carteira Mágica. E deu certo! Vou falar dos dois métodos e você escolhe o que for mais fácil. O grau de dificuldade: 2. Tempo de confecção: 30 minutos (no máximo!). Clique nas imagens para aumentar!


Carteira Mágica - modelo 1: quatro retângulos de papel (este papel branco é sobra de paspatur), no tamanho que quiser e com gramatura acima de 120 (este, por exemplo, tem 8 por 16 cm) e quatro pedaços de fita de tecido, plástica, papel etc, de 24 cm de comprimento (3 vezes a largura!).


Carteira Mágica - modelo 2: dois pedaços de embalagem (usei, é claro, de pizza!) no tamanho que quiser (este, por exemplo, tem 8 por 28 cm que, dobrado, ficará 8 por 14 cm) e quatro tiras de papel (pode dobrar sulfite, ou qualquer outro, até mesmo página de revista). Pensei em usar (e até cheguei a cortar) tiras da própria embalagem de pizza, mas como nem todo mundo tem prática em tirar a película da embalagem usando um estilete, acabei optando por sobra de papel (azul) de boa qualidade.




O segredo está em cruzar as tiras ao colar. A tira que está visível em uma lâmina fica oculta na outra. Ou seja: cada lâmina tem dois lados “A” (frente) e “B” (verso). Comece colando uma tira a meio centímetro de distância do topo da lâmina 1, apenas no lado “B”, contorne (não cole!) o lado “A”, a sobra será colada no lado “B” da lâmina 2. Faça a mesma coisa com a segunda fita, a partir da base da lâmina 1. Repita o processo na lâmina 2: colando a fita (pouco abaixo da fita da lâmina 1) no lado “B”, contornando o lado “A”, a sobra será colada no lado “B” da lâmina 1.




Você pode colocar as lâminas lado a lado, para colar as pontas, e ou uma sobre a outra (o que já te mostra o funcionamento!). Coladas as fitas nos lados “B” de cada lâmina é só finalizar, colando as duas outras lâminas nos lados “B”, tapando as pontas das fitas coladas.




A mesma coisa deve ser feita com as duas lâminas de embalagens. A diferença está apenas na finalização que é só dobrar e colar. 



ATENÇAÕ: Cuidado ao dobrar. As tiras (que prendem as imagens) ficam para dentro!


Este é um brinquedo para todas as idades. A garota vai se amarrar! E você também!

Criação e fotos de Joba Tridente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...