sábado, 25 de novembro de 2017

Jobabilidade: HQ Sustentável com Capa para Celular

JUSTIÇA
Articulada e Infinita
uma História em Quadrinhos com base em Capas para Celulares
criada por Joba Tridente

Eu não uso telefone celular e ou smartphone e não sinto a menor falta. Se tivesse tal objeto, jamais o levaria ao cinema, teatro, oficinas culturais, restaurante. Quem quer falar comigo email-me ou liga para o telefone residencial. Toda via tecnológica, no entanto, recentemente ganhei (de um amigo e dono de loja de material, laboratório e serviços de informática) uns 30 modelos “antigos” (em um semestre) de Capas (bumper, case, funda, caja) para celular (smartphones), algumas ainda lacradas e embaladas. Um desafio para transformar em Arte Sustentável o que até ontem era super fashion.

25% das Capas Fashion descartadas
Bem, ideias não faltam, mas é impossível atropelar o tempo. Assim, vou pensando meio que devagar. Com algumas das Capas criei chaveiro (llavero, key ring) e porta-trecos, que postarei em breve. Com outras três (as únicas transparentes) montei esta inusitada HQ (comic, cómic, mangá) JUSTIÇA - Articulada e Infinita, estrelada pelas estampas do marginalizado Chaves (da tv), da onipotente Justiça (da vida real) e do aventureiro Super Mario (do game).


A ideia para a HQ e ou Cartum articulado tive assim que ganhei as Capas transparentes com as estampas dos três personagens. Uma vez que o Brasil (entre outros países) está passando por uma crise política, judiciária e socioeconômica sem precedentes na sua história, procurei abusar da ironia dos personagens à situação atual (beirando a tragédia), numa narrativa cujos diálogos podem mudar diariamente (ou não!). Basta, para tanto, escrever novos diálogos e colar os balões nas tiras (de embalagem de pizza e ou palitos) de manipulação.


HQ JUSTIÇA - Articulada e Infinita

Roteiro: O título faz trocadilho com a manipulação da lei pelos poderosos (raramente condenados) sempre impunes. O marginalizado Chaves, indignado, diante de tantos criminosos ricos e privilegiados, pergunta à Justiça: “- A lei não é para todos?”. A autoritária Justiça, se sentindo afrontada, grita: “- Eu te pego, gentalha!”. O apressado Mario, vendo o sufoco de Chaves, aconselha: “- Corre, Chaves, ou a Justiça te pega!”. O desprotegido Chaves tenta se justificar: “- Mas eu só falei sem querer querendo!”. A intransigente Justiça continua berrando: “- Eu te pego, gentalha!”. O bravo Mario insiste com o amigo Chaves: “- Mas você não é político!”.

Acompanhe o processo de confecção 
para fazer sua HQ ou Cartum etc.


Material: 1. Capas plásticas transparentes (conforme a estampa você desenvolve os diálogos..., pode ser até um poema para a pessoa amada!); 2. Embalagem de pizza ou outro tipo de papelão..., para recortar bases e tiras para colar e movimentar os balões de texto (pode se usar, na manipulação, palitos de madeira, mas só de for para apenas dois balões); 3. Papel para fazer os balões e também para escondê-los; 4. Papelão ou isopor (para volume lateral da base); 5. Estilete; 6. Régua; 7. Cola.




Fazendo as Tiras: A largura das tiras vai depender do tamanho do orifício na parte debaixo da Capa. O comprimento você decide. Para dar mais firmeza, eu fiz tiras duplas (colei uma sobre outra). Na parte de cima da tira, conforme o tamanho do balão de texto, dei um leve corte (Montagem dos Balões - 1), e tirei cuidadosamente a película (plástica) da embalagem de pizza, para colar mais facilmente o papel impresso.


Fazendo a Base: A base recortei de embalagem de pizza (mas você pode usar papelão etc) no tamanho exato do encaixe (ou no tamanho do celular), arredondando as bordas conforme o desenho (modelo) da Capa. Nas laterais (esquerdas e direitas), para dar a altura do celular e encaixar com perfeição, cortei tiras fininhas de isopor (se não tiver, use papelão etc) e cobri com papel, para reforçar e não quebrar. Para esconder os balões cortei o papel (que pode ser de embalagem pizza etc) conforme o tamanho da estampa..., no caso, as três eram praticamente da mesma altura, e colei sobre as tirinhas (de isopor) laterais.


Fazendo os Balões: Pensei em fazer balões manuscritos, mas por causa do tamanho e espaço de exposição, optei por imprimir e recortar mais apropriadamente. Você pode fazer como quiser.



Fazendo Testes: Antes de encaixar todas as partes fiz alguns testes para ver altura das tiras com os balões e encaixes. Nas fotos as pontas dos balões parecem cobertas, mas ao manipular ela aparecem perfeitamente direcionadas para os personagens. Dependendo da quantidade de balões, você pode erguer todos e ir abaixando um a um conforme o ritmo da conversa..., e ou ir subindo na ordem dos diálogos. O importante é causar surpresa no espectador. Acho que é isso!




JUSTIÇA – Articulada e Infinita
criação e fotos de Joba Tridente
novembro de 2017


*
JOBA TRIDENTE
Artista Plástico - Individuais: 1991 - Sagrados e Profanos - Hall da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná - Curitiba-PR; 1986 - Sagrados e Profanos - Galeria “B” da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1984 - Arteveste - Galeria Jegue Elétrico - DF; 1983 - I Comício Cósmico de Brasília - Centro Cultural Le Corbusier – DF e Arte Alternativa II e III - Galeria Jegue Elétrico - DF; 1982 - Arte Alternativa - Galeria Jegue Elétrico – DF.

Artista Plástico - Coletivas: 2015 - Bench Artes - São Paulo-SP; Nem Tudo Termina em Pizza - São Paulo-SP. 2013 - Mail Art Cupcake - MuBE - Museu Brasileiro de Escultura. 2000 - Fandango Subindo a Serra - SESC da Esquina - Curitiba-PR.  1997 - Guido Viaro, 100 Anos: Interpretação 97 - Museu de Arte do Paraná - Curitiba - PR. 1996 - V Concurso de Presépios - Memorial da Cidade de Curitiba - PR; 1994 (itinerante: 1995/1996) - Suite Vollard, Picasso - Uma Interpretação Paranaense - Museu de Arte do Paraná - Curitiba - PR; 1987 - Salão de Artes Plásticas de Brasília - Galeria da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF e Levante Centro-Oeste - Galeria da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1986 - Salão de Artes Plásticas de Brasília - Galeria “B” da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1983 - I salão de Arte Mística/Mítica/Mediúnica - Hall da Prefeitura Municipal de Petrópolis - RJ e II Salão de Arte Mística/Mítica/Mediúnica - Centro de Convenções de Brasília - DF; 1977 - II Salão de Arte e Pensamento Ecológico - Touring Club de Brasília - DF; 1974 - I Encontro de Artes do ABC - Hall do Teatro Municipal de São Bernardo do Campo - SP. 

Artes Gráficas, Humor e Quadrinhos: 1997 - 1ª Mostra da Ilustração Paranaense - Museu de Arte Contemporânea do Paraná - Curitiba - PR; 1993 - Bienal Internacional de Quadrinhos do Rio de Janeiro - RJ; 1991 - Arkivo Gráphico - Gibiteca de Curitiba - PR; 1980 - Brasília 20 Anos - Hall do SESC - DF e  Caricatura e Desenho de Humor de Ontem e de Hoje - Criatura-I - Exposição itinerante organizada pela FUNARTE em: DF/SP/RJ/BA/CE/PR; 1977 - II Salão de Humor de Brasília - Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1976 - Salão de Humor de Brasília - Fundação Cultural do Distrito Federal - DF.

4 comentários:

  1. Simplesmente, brilhante. Uma ideia original de conteúdo provocador. Reflexão com poucas palavras. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. ..., gratíssimo Friedrich Facasa, pela visita e considerações! ..., grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. me gustó mucho la idea, especialmente porque es reciclando materiales, gracias por compartir tus creaciones

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ..., gracias, Laura Adriana, por suas considerações!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...